Bahia Bahia

Siga-nos

Babá que foi agredida por patroa em Salvador chegou a desmaiar e cair em cima de criança; veja vídeo

Babá que foi agredida por patroa em Salvador chegou a desmaiar e cair em cima de criança; veja vídeo
03 setembro 08:54 2021 Imprimir notícia
Bahia

A babá Raiana Ribeiro, de 25 anos, chegou a desmaiar e cair em cima de uma das filhas da ex-patroa Melina Esteves França, após ser agredida pela mulher, em um apartamento no bairro do Imbuí, em Salvador. O caso aconteceu horas antes da vítima pular do 3ª andar do prédio, para fugir de mais agressões

Nesta quinta-feira (2/08), o G1 publicou imagens de uma câmera de segurança, que flagraram o momento em que Raiana Ribeiro foi agredida pela ex-patroa. A agressora é investigada por violência doméstica contra outras 11 ex-funcionárias.

O momento em que Raiana Ribeiro desmaia acontece por volta das 6h30 do dia em que ela pulou, logo depois que sofreu agressões praticadas por Melina e abriu uma janela para respirar.

Segundo o delegado Tiago Pinto, responsável pelas investigações, as imagens foram encaminhadas para perícia. O inquérito tem 30 dias para ser concluído e mais informações não podem ser passadas, porque o caso está sob sigilo. Na quarta (1°), o advogado de empresária anunciou que deixou o caso.

Uma semana após o caso, Raiana Ribeiro ainda sente dores nos pés e anda com muita dificuldade. Nesta quinta-feira (2), ela viu as imagens da câmera pela primeira vez.

"É como se estivesse acontecendo de novo, porque não é fácil tirar da cabeça que você saiu para trabalhar, viver sua vida achando que vai ser tudo normal, chega lá e encontra uma mulher que faça isso, te bata, te espanque, te xingue, é muito traumatizante", comentou.

Um dia antes de pular do terceiro andar do prédio para fugir da agressora, Raiana Ribeiro conversava com Melina França, por volta das 8h. O assunto era a saída da funcionária do emprego.

As câmeras mostram que Melina França pergunta se Raiana Ribeiro iria deixar o local naquele dia, o que a babá nega. A patroa então diz que ela só vai sair depois de uma quinzena e a jovem fala que quer sair no dia seguinte.

"Você não pode sair amanhã não, porque eu trabalho", disse Melina França.
"Sinto muito, mas...", respondeu a babá.

"Pronto, então amanhã eu vou te mostrar se você vai", afirmou a empresária.
Depois da conversa, o clima fica tenso no apartamento e as agressões têm início. Tudo acontece diante das três filhas de Melina França.

"A senhora me bateu!", disse Raiana Ribeiro. A patroa questiona em seguida. "E aí? Vai fazer o que comigo?".

Uma terceira pessoa, identificada por Raiana pelo prenome de Camila, entra no apartamento e pede para que Melina França pare com as agressões contra a babá.

"Mel, olhe para mim! Olhe para mim! Não faça nada com ela!", disse a mulher.

"Eu quero que ela cale a boca. Senão, sai eu e ela daqui em um caixão", respondeu a empresária.

Por volta das 6h, as câmeras de segurança flagraram que Melina França faz mais ameaças a Raiana Ribeiro, que está sentada em um sofá, com uma das crianças.

"Eu sei bater, eu não deixo uma marca em você. Eu arrebento tanto a sua cabeça que você vai parar no hospital. Não brinque comigo não", fala a empresária para a jovem.

Logo depois, começa a sequência de agressões com chutes e tapas no rosto, além de murros nas costas. Enquanto bate na vítima, Melina pede respeito às filhas dela. Uma delas teria sido chamada de 'horrorosa' pela babá, conforme a mulher fala nas imagens. "É uma criança, é um anjo", disse a mãe.

"Desculpa, não. Isso que você fez está certo? Está certo? Chame quem você quiser. Está certo o que você fez?", perguntou a patroa.

Raiana Ribeiro foi levada ao banheiro pela patroa e minutos depois, a outra doméstica avisa a Melina que a jovem pulou pelo basculante.

"Ela se jogou, Mel. Viu o que eu falei a você?", disse a mulher.

Após Raiana Ribeiro pular, Melina França começou chamar o porteiro.

"Porteiro! Ô moço, pelo amor de Deus, venha cá que ela quer matar minha filha".
Em entrevista a reportagem da TV Bahia, Raiana Ribeiro nega que tenha agredido a criança.

"É mentira. Todas as três meninas só dormem com o travesseiro no colo. 'Bota' as meninas para deitar ali e 'bota' as meninas para dormir", negou.

"Ela acordou de manhã, já começou a me agredir, mandou essa Camila pegar a menina e começou a me bater. A menina não tem um machucado, não tem um espancamento, porque não teve nada disso, é mentira dela".

Relembre a história

O caso ocorreu na manhã de quarta-feira (25/08). Raiana Ribeiro pulou do terceiro andar para fugir de agressões. Ela disse também que era mantida em cárcere privado pela patroa Melina Esteves França.

Antes de pular, Raiana chegou a enviar uma mensagem de áudio pedindo ajuda aos familiares em um aplicativo de mensagens. No mesmo dia, ela recebeu alta médica, após ficar internada no Hospital Geral do Estado (HGE). A jovem sofreu fraturas no pé.

Raiana Ribeiro trabalhava como babá na casa de Melina há uma semana, cuidando das filhas trigêmeas dela. As crianças têm 1 ano e 9 meses de vida.

Na tarde de quinta-feira (26/08), Melina prestou depoimento por cerca de seis horas. Ao chegar no prédio onde mora, depois de ter saído da delegacia, ela foi vaiada pelos vizinhos.

Na sexta-feira (27/08), ao menos quatro ex-funcionárias de Melina prestaram depoimento à polícia e relataram ser vítimas de crimes semelhantes.

Na manhã de domingo (29/08), um grupo de pessoas se reuniu em frente ao prédio onde a babá pulou do terceiro andar. Eles fizeram uma manifestação de apoio à vítima e pediram justiça pelo caso.

PORTAL SBN | COM INFORMAÇÕES DO G1

Vote: Em quem você votaria para presidente se a eleição fosse hoje?

JAIR BOLSONARO

LUÍS INÁCIO LULA

CIRO GOMES

SÉRGIO MORO

Escreva 945 abaixo
Ver resultados

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês