Bahia Bahia

Siga-nos

Cris Reis

Você conhece a “Síndrome do Fantástico?

Você conhece a “Síndrome do Fantástico?
09 novembro 10:21 2020 Imprimir notícia
Colunista

Você conhece a “Síndrome do Fantástico?

Fim de semana foi maravilhoso! Você visita pessoas que há tempo não via, passeia pelos mais belos lugares, se permite dormir mais e é claro, assistir àquela série super recomendada pelos seus amigos. Mas chegou o domingo à noite e junto com ele a sensação de aperto no peito que começa quando você ouve aquela vinheta... Não é qualquer uma é a vinheta do Fantástico que faz suas mãos suarem, a cabeça começar a doer, uma tontura talvez. O pessimismo aumenta com o passar dos minutos, das horas. 

E antes que você pense que tem a ver com as trágicas notícias da noite, te informo que é algo muito pior: o fim do domingo já representa a chegada da famigerada Segunda-feira. Acabou o sonho lúcido do fim de semana e vamos voltando à realidade.

No domingo à noite você lembra de tudo o que gostaria de esquecer: das tarefas da semana passada que não foram concluídas ao chefe que não enxerga seu talento e só reclama em vez de te promover. Lembra dos impostos que corroem todos os seus ganhos e das contas que o salário não vai dar conta de pagar e ainda assim, que novamente vai ouvir das pessoas “olha, não reclama, poderia estar pior”!

Poderia mesmo, sempre tem um jeito de piorar, mas... existem muitas formas de melhorar!

Claro que a vida não é um conto de fadas com tudo lindo e fluindo às mil maravilhas. Nem sempre vivenciamos situações prazerosas e acreditem, este mundo realmente nos trará mais desafios que amenidades. Há desafios que buscamos e os que nos chegam atropelando sem o nosso consentimento.

Você pode me perguntar: Cris, sou afetado por isso, como posso melhorar?

Que tal começar a planejar o fim de um ciclo num trabalho que você detesta, num cargo que não te deixa mostrar as suas potencialidades, com um patrão que não te enxerga?

Sabemos que muito disso você pode ter atraído para si em função dos seus conflitos internos que estão te levando a cada dia para mais perto do abismo... mas para que tudo mude, você precisa aproveitar o último fôlego e reagir para uma vida com mais significado, fazendo o que você ama, aceitando desafios que te façam ganhar mais sem ter que “enriquecer” outras pessoas que não você...
Pense nisso! Não precisa ser de uma vez se você não tem condições reais para fazer isso. Mas precisa ser de uma vez se você analisar as milhares de coisas que existem a seu favor e que ainda não havia se permitido enxergar.

Qual o primeiro pensamento quando eu falo “Segundou”!!?

Deixe seu comentário

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês

SIGA-NOS

Rádio Online

Rádio Online

Últimas Notícias

  • Bahia
  • Espírito Santo

Bahia

Espírito Santo

As mais lidas do mês